Saiba tudo sobre Bronquites





Melhores preços do Magazine Luiza. Clique aqui



 


Os brônquios são canais que conduzem o ar inalado até os alvéolos pulmonares. Quando ocorre uma inflamação dessas estruturas surge a bronquite. Existem três classificações para a bronquite:

- Bronquite asmática: é causada por alergia respiratória com o acúmulo de secreção nos brônquios;

- Bronquite crônica: caracteriza-se pelo acúmulo de secreção que se estende por mais de três meses;

- Bronquite alérgica: não é contagiosa, mas está intimamente relacionada a uma alergia respiratória.

Causas da Bronquite

A bronquite costuma acompanhar uma infecção viral respiratória, mas em alguns casos pode ser resultado de uma infecção bacteriana. Outros fatores de risco também incluem o contato com poluentes químicos e ambientais. Quando a bronquite alcança o nível mais crônico pode acabar aumentando o risco de outras infecções respiratórias, como é o caso da pneumonia. O cigarro é considerado o principal responsável pelo agravamento da doença, daí a bronquite ser conhecida também como "tosse dos fumantes".

Principais sintomas da Bronquite

- Cansaço;

- Tosse que pode ser seca ou produtiva, dependendo da forma aguda ou crônica da doença;

- Dificuldades para respirar (com a manifestação de ruídos) ou até falta de ar;

- Alterações no apetite;

- Febre em muitos casos, mas relativamente baixa;

- "Chiados" ou ronco no peito;

- Expectoração que pode se tornar amarelada e espessa de acordo com a evolução da enfermidade.

Tratamento para a Bronquite
Alguns cuidados e procedimentos podem ser bem eficazes para tratar a bronquite:

- Beber bastante líquidos para fluidificar as secreções e facilitar a remoção;

- Repousar;

- Lavar as mãos com frequência;

- Reduzir a exposição à poluição do ar;

- Não fumar ou permanecer em locais com pessoas fumantes;

- Praticar exercícios físicos que auxiliem na melhora da respiração, é o caso da natação;

- Realizar sessões de fisioterapia que auxilia no aumento da capacidade respiratória e também da eliminação de secreções. Técnicas manuais e exercícios que trabalham a respiração são aplicados para favorecer a expectoração, facilitar a respiração e melhorar, inclusive, o estado pulmonar do paciente.

A fisioterapia respiratória é uma excelente técnica utilizada para a prevenção de doenças em crianças e adultos. Em pediatria, ela facilita a saída da secreção, permitindo que a criança respire melhor e com menos esforço, diminuindo a tosse e o cansaço e favorecendo uma melhor qualidade do sono e alimentação.

Além disso, a fisioterapia promove a abertura das vias aéreas inferiores do pulmão que, muitas vezes, se fecham devido à inflamação dos brônquios. Nesse sentido, quando a técnica é realizada no início dos sintomas, elimina a necessidade de medicamentos orais ou injetáveis.

Os cardiopatas, clínicos ou cirúrgicos, também têm na fisioterapia uma importante aliada na recuperação, já que nas últimas décadas a reabilitação respiratória tem sido integrada como umas das principais formas terapêuticas para o tratamento da cardiopatia associada aos medicamentos e às mudanças de hábitos alimentares e comportamentais.




E-book completo Bronquite, sua causas, sintomas, como se cuidar para poder curar os sintomas, evitar danos permanentes e viver normalmente. Clique aqui e saiba mais!

Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário