Dicas para fazer a manutenção da sua bicicleta e se prevenir de acidentes





Melhores preços do Magazine Luiza. Clique aqui




Quem tem o hábito de andar de bicicleta, seja como meio de transporte, de forma amadora ou para a prática de esportes, sabe da importância de contar com uma bike que esteja com tudo em cima. Isso porque, no dia a dia, o ciclista conta com vários percalços no meio do caminho, que desgastam e podem antecipar os danos às peças. Por isso, é preciso contar não só com o respaldo de uma boa loja de bike para fazer consertos, mas também com ações preventivas para que a sua magrela tenha vida longa.
Alguns sinais são fundamentais para que você perceba falhas e defeitos, como ruídos nos freios, estalos na corrente, pneus carecas e lentidão no engate das marchas, por exemplo Aqui em nosso blog, você vai conhecer alguns cuidados que vão ajudar a prolongar a qualidade das suas pedaladas.

Deixe sua bike zerada com ações práticas

Para identificar os problemas e principais medidas a serem tomadas para efetuar o conserto da bicicleta, vale a pena seguir o checklist abaixo:
  • Pneus: Nada de perceber pneus levemente carecas e deixar isso para lá. Quando os pneus se encontram nessa condição, o contato com qualquer pedrinha mínima, caco de vidro ou fiapo de madeira será suficiente para perfurar com mais facilidade a borracha. Dar uma passada na loja de bicicleta da sua confiança e trocar os pneus não pode ser adiado. Melhor ainda é contar com um pneu reserva (step) antes de verificar problemas nos pneus que está usando diariamente na sua bike.
  • Freios: Um ruído nos freios, mecânicos ou hidráulicos, é sinal característico de que deve ser feita a troca das pastilhas ou de fluido. Isso também não deve ser negligenciado, e para saber exatamente o que deve ser trocado basta se atentar para as características. Diminuição da espessura das pastilhas em 40% demonstra que é hora de trocá-las, enquanto isso, qualquer alteração na qualidade do freio denota necessidade de substituição do fluido.
  • Corrente: O maior sinal de que a corrente da sua bicicleta está apresentando problemas é quando esse acessório faz estalos e, além disso, ocorrem pedaladas em falso nas subidas, afetando todo o sistema de transmissão de marchas. A consequência de uma corrente gasta é a possibilidade de quedas, além de prejudicar o rendimento durante as pedaladas. Trocar a corrente também deve ser feito no primeiro sinal de desgaste da peça, assim como solicitar a um mecânico que faça a regulagem do sistema de marchas.
  • Suspensão: Ao praticar ciclismo, a suspensão é a principal peça a ser observada, já que ameniza os impactos. A revisão deve ocorrer após as primeiras 50 horas de uso da sua bicicleta, e é nesse momento que se verifica a necessidade de troca dos retentores e dos anéis de vedação, e ainda, há a troca do óleo nas bikes que têm o líquido nas canelas. Após esse tempo, o principal sinal para uma nova manutenção é o aumento do impacto sofrido no guidão, que diminui a flexibilidade da suspensão.
Não importa qual dos tipos de bicicleta você costuma pedalar, é muito importante fazer a manutenção completa da sua bike, complementando-a com acessórios para ciclismo preventivos e, assim, melhorando a performance e segurança da sua bike. Em uma boa loja de bike, você encontra tudo para a manutenção, além de roupas para ciclismo essenciais para o seu esporte.
Agora que você já conhece como fazer a manutenção correta da sua bicicleta, continue navegando em nosso blog e saiba mais sobre outros assuntos!


Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário