Função do fisioterapeuta na UTI





Melhores preços do Magazine Luiza. Clique aqui





As Unidades de Terapia Intensiva têm como foco principal o suporte da vida e o tratamento de indivíduos doentes com instabilidade clínica.

Atualmente, fisioterapia é parte integrante e fundamental no atendimento multidisciplinar oferecido aos pacientes atendidos na unidade de terapia intensiva e seu campo de atuação envolve atendimento a pacientes críticos que necessitam ou não de suporte ventilatório, visando evitar complicações respiratórias e motoras. A fisioterapia é uma ciência capaz de promover a recuperação e preservação da funcionalidade, podendo minimizar estas complicações

Todo profissional de saúde deve ter uma visão geral do histórico de todo paciente. No caso do fisioterapeuta em UTI, sua principal missão consiste em executar seus conhecimentos específicos em auxiliar nas funções cardiorespiratórias da pessoa enferma. Como no setor da UTI os pacientes estão em um estágio mais delicado de saúde, é imprescindível que o fisioterapeuta estimule o bom funcionamento das vias aéreas e músculos respiratórios, de modo a facilitar a respiração adequada. O acompanhamento correto na UTI auxilia na prevenção e/ou no tratamento das doenças cardiopulmonares, circulatórias e musculares, reduzindo assim a chance de possíveis complicações clínicas. Em geral, Fisioterapeuta Intensivista exerce atividades nas UTIs como:

*Monitoramento sistemático dos sistemas cardiorrespiratório e neuro-músculo-esquelético;

*Estímulo da força muscular; *Impede o acúmulo de secreção no interior do sistema respiratório;

*Mantêm e melhora a expansão pulmonar e a oxigenação do paciente;

*Melhora o desempenho dos músculos respiratórios;

*Compartilham o gerenciamento da assistência ventilatória mecânica invasiva e não-invasiva, o que contribui para que o paciente respire por menos tempo com auxílio de aparelhos;

*Tratamento de vícios posturais que provocam úlceras de pressão (área com necrose, devido à falta de circulação sanguínea), etc.


O fisioterapeuta é o profissional respon­sável pela implantação e gerenciamento do plano de mobili­zação do doente crítico. É dever do fisioterapeuta, orientar todos os profissionais que participam dos cuidados aos pacientes críticos sob como executá-lo, esclarecendo a função e poder terapêutico deste recurso, o qual é tão valioso quanto à mobilização e serve de base para aplicação eficaz de outras intervenções fisioterapêuticas. É papel do profissional de fisioterapia estabelecer estratégias de reabilitação precoce e focar nas necessidades mais essenciais do paciente para que haja uma boa recu­peração funcional

DICA BOA

Fisiointensiva Academy é um clube de atualização profissional exclusivamente idealizado para o fisioterapeuta intensivista.
Um projeto FisioAcademy MemberShip focado 100% em otimizar a formação continuada dos fisioterapeutas que estão na assistência e se encontram por vezes sem um amparo técnico acadêmico de credibilidade. Conheça clicando aqui!


Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário