Linfedema e inchaço: exercícios funcionais para os membros inferiores





Linfedema e inchaço: exercícios funcionais mais indicados para os membros inferiores

O linfedema é uma condição clínica crônica caracterizada pela falha na formação ou na drenagem da linfa que leva ao acumulo de macromoléculas e líquidos no espaço intersticial causando um inchaço/edema que é conhecido como linfedema.

Em relação ao melhor exercício indicado no tratamento do linfedema de membros inferiores é na realidade a atividade física de caminhada. Porém, quando interferimos nessa caminhada estamos transformando em um exercício ocupacional. Alerta-se que os exercícios podem aumentar ou reduzir o volume do membro após sua realização. Entretanto, não há estudo bem delineado sobre exercícios no linfedema de membros inferiores.

Os exercícios agem gerando uma pressão vis a latere sobre os vasos (veias e linfáticos) que estimulam sua contração e "bombeamento" do sangue e linfa para o coração. Esses dois sistemas são valvulados e assim, quando íntegros, cumprindo bem essa função. Entretanto, as atividades físicas exigem mais fluxo de sangue para a atividade muscular gerando mais filtração de sangue para o espaço intersticial e mais edema/inchaço. Dessa forma o balanço entre a filtração e a drenagem é que vai gerar ou reduzir o inchaço/ edema.

A caminhada sem sombra de dúvida é a melhor opção para os pacientes que tem edema/inchaço/ linfedema de membros inferiores, entretanto deve ser realizado com uma meia elástica ou de gorgurão. Realizamos uma série de pesquisas e que mostram claramente que quando caminhamos sem meias ocorre o aumento de volume do membro (edema/inchaço), porem com meias pode ocorrer a redução do volume e da dor quando presente. A caminhada deve ser lenta e dessa forma contribuir no tratamento do linfedema. As meias tanto a de gorgurão como as elásticas são de indicação médica e de preferência do especialista.

Outra atividade comum na pratica diária é a natação que também pode levar ao edema dos membros quando não bem indicada. A simples caminhada na água pode causar maior inchaço/edema do que a caminhada normal. Na agua é exigido um esforço maior para vencer a barreira da água e dessa forma exigir maior fluxo de sangue. Portanto, nada melhor do que a caminhada.

Para que se possa indicar um outro exercício laboral para esses pacientes o profissional especialista deve obrigatoriamente avaliar esses exercícios de forma individual. Como não há na literatura cientifica estudos sobre o assunto por questão de bom senso a caminhada como sugerida é a principal opção a esses pacientes. Ela ajuda a tratar o linfedema.

Fonte


Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário