Saiba mais sobre a Disfagia






A disfagia é a sensação de que algo está interferindo na deglutição, podendo ser um bloqueio real da garganta ou um problema com o ato de engolir. Embora seja, normalmente, mais comum em bebês e idosos, a disfagia tem múltiplas causas e pode afetar pessoas de todas as idades. A disfagia pode causar outros problemas de saúde e, portanto, deve ser diagnosticada e tratada adequadamente.

Muitos comportamentos rítmicos ou repetitivos são ignorados até se tornarem problemáticos, como por exemplo, a respiração, a mastigação e a deglutição. No entanto, quando há um problema em uma dessas funções, ele pode ter um sério impacto sobre a qualidade de vida das pessoas.

Comprometendo a deglutição, a disfagia orofaríngea pode resultar em desnutrição e desidratação. Além disso, o paciente pode ser exposto ao risco de aspiração (quando o alimento vai erroneamente em direção aos pulmões) e suas complicações, principalmente, pneumonias aspirativas. Portanto, é um problema muito sério. A disfagia pode ser causada por doenças ou danos ao sistema nervoso, espasmos dos músculos do esôfago ou outros distúrbios que bloqueiam fisicamente o esôfago ou causam seu estreitamento.*1 A produção prejudicada de saliva, ou a boca seca, também pode piorar a disfagia.

Ao mesmo tempo em que a disfagia gera desconforto ao comer e beber, ela também pode causar sérios problemas de saúde. Como muitas pessoas com essa doença não procuram, nem recebem um diagnóstico ou tratamento médico correto, comer e beber menos pode causar desnutrição, desidratação, perda de peso, infecções respiratórias e até mesmo problemas sociais, tais como evitar comer com outras pessoas. A disfagia é uma condição comum, afetando cerca de 14% da população com mais de 50 anos de idade.

Se esse é um assunto que te interessa, você precisa conhecer o  3º Conafono – Disfagia. Esse congresso fala sobre atuação clínica, atualização e uso de novos recursos tem o objetivo de promover informações técnicas e científicas sobre a atuação frente às alterações da deglutição. Saiba mais clicando aqui!



Comente:

Nenhum comentário