Como escolher o seguro de vida perfeito para você






Entenda aqui como selecionar a apólice e se proteger dos problemas, sem dor de cabeça

Ao contrário do que é possível pensar, escolher um seguro de vida perfeito não é uma tarefa qualquer, como escolher suas compras no supermercado. Diferente do plano de saúde, esse tipo de seguro tem todo o poder de manter a família bem o suficiente, em casos de morte ou incapacidade do provedor financeiro.


No mercado, é possível encontrar diferentes tipos de cobertura de seguros disponíveis, assim como várias empresas e bancos que prometem sempre os melhores serviços.

No entanto, fazer a escolha de onde e como contratar o melhor seguro de vida para atender as suas necessidades específicas e também para sua família, exige uma avaliação minuciosa de si próprio, além de um conhecimento dentro das opções do mercado.

Isso é importante porque escolher entre os seguros de vida que existem no mercado se trata de uma decisão que envolve diretamente a segurança e estabilidade para você e sua família. Um passo importante que precisa ser tomado de uma forma mais consciente e embasado possível.

O que é necessário para escolher o contrato de seguro de vida?

Quem decide contratar um seguro de vida procura tranquilidade e segurança monetária para seus familiares ou até para si mesmo, caso tenha alguma doença grave ou incapacidade que precise de um tratamento médico mais caro e prolongado.



Depois de realizar uma extensa pesquisa sobre sua própria vida, é preciso estar atento a uma série de questões e detalhes importantes, para que todas as coberturas do seguro de vida escolhidos possam atender às necessidades específicas, dentro das vantagens e benefícios oferecidos pela seguradora.

É preciso avaliar todas as contas da própria pessoa e da família, projetando todos os cálculos para o futuro.  Mesmo que seja emocionalmente difícil ter esse pensamento para fazer a simulação de seguro de vida, este é um ponto fundamental para você entender todas as necessidades financeiras e todas as coberturas necessárias.

Como esse planejamento pode ajudar a fazer o seguro de vida?

Por isso, o hábito de realizar um bom planejamento de finanças pode se tornar a escolha certa de um seguro de vida mais fácil, já que as demandas financeiras estarão completamente em dia.

Toda pessoa que já possui o hábito de fazer todo o controle financeiro próprio e da família consegue fazer a projeção de gastos futuros com uma maior assertividade, além de poder ser muito mais realista ao responder as perguntas sobre seu perfil na cotação do seguro, itens que influenciam os valores da mensalidade e da apólice.

Com isso em mente, conheça outros aspectos importantes que são necessários considerar para contratar um seguro de vida.

Coberturas do seguro de vida

Toda corretora de seguros pode oferecer coberturas básicas e adicionais, sendo que a cobertura do seguro de vida básico é feita sobre qualquer tipo de morte (Natural, acidental ou ambas).



Dependendo da necessidade levantada por cada segurado e sua família, é possível também incluir outros benefícios do seguro de vida. A cobertura por invalidez permanente é um bom exemplo, já que ela cobre itens como cobertura para despesas médicas, hospitalares e outras, incluindo também casos de incapacidade temporária.

Em cada caso, é preciso analisar as demandas do segurado, além de todas as condições e exclusões previstas para cada cobertura, justamente para que o melhor seguro de vida seja escolhido de maneira correta.

Analise todos os itens do contrato de seguro de vida
Todo tipo de situação que pode ser indenizada, assim como as obrigações da seguradora e do contratante precisam estar bem definidas no contrato de seguro de vida.

Sendo assim, qualquer documento relacionado ao seguro de vida precisa conter informações como todos os valores a serem recebidos pelos beneficiários, todas as coberturas, o valor da mensalidade a ser paga, a forma de pagamento e como ela será reajustada.

Cuidados com a apólice

A apólice de seguro de vida é o documento oficial que formaliza o contrato celebrado entre a corretora de seguros e o segurado, possuindo todas as especificações do cumprimento das obrigações de cada uma das partes.


Por isso, antes de fazer a assinatura da apólice, é importante conferir todos os dados inclusos no documento, do segurado e dos dependentes, as coberturas de seguro de vida contratadas e todas as indenizações previstas para cada uma, assim como a mensalidade do seguro e a forma de pagamento, além de outros itens do contrato.

Confira todos os valores cobrados pela seguradora

Dúvida muito comum para quem quer contratar um seguro de vida, o cálculo da mensalidade é um dos pontos mais discutidos de como funciona o seguro de vida.

Ele é feito a partir de uma média de valores, considerando itens como a idade do segurado, condições de saúde, fatores de risco e muito mais. Com essa média é possível estimar o valor mensal a ser cobrado. De maneira geral, quanto maior a apólice do seguro de vida e a idade do segurado, maior a mensalidade.

Inclusão de cônjuge ou filhos

Por conta de ser um benefício extensível para os parentes mais próximos, os melhores seguros de vida já possuem propostas considerando a inclusão do cônjuge e dos filhos como dependentes do segurado. Tudo de acordo com critérios pré-definidos para o pagamento das indenizações e até para o capital do segurado.
Claro que, para valer, tudo deverá estar descrito claramente na apólice e no contrato do seguro de vida. Somente assim é possível evitar equívocos e garantir que todas as demandas contratadas com a corretora de seguros sejam atendidas totalmente de acordo.

Faça sempre uma revisão periódica na cobertura



Uma vez que a probabilidade de falecimento é maior com o passar dos anos, há uma necessidade também de atualização dos valores pagos pela seguradora, dentro da cobertura de seguro escolhida, periodicamente.

Assim como as necessidades do segurado e da família, que também sofrem alterações ao longo do tempo, fator que também precisa ser considerado durante na revisão dos seguros de vida.

No entanto, ninguém pode fazer esse tipo de processo apenas por vontade própria. Toda atualização precisa estar prevista de maneira clara no contrato e acompanhar o crescimento anual da inflação, sendo calculada com base no acúmulo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Confira a simulação do seguro de vida

Então, depois de considerar todos os possíveis aspectos, para que a escolha do seguro de vida possa ser a melhor, é importante fazer uma simulação, a partir de todas as características e necessidades de cada um dos familiares.



A principal vantagem de possuir um simulador de seguro de vida é a possibilidade de identificar qual o melhor tipo de proposta que a corretora de seguros pode oferecer em poucos minutos, fornecendo apenas dados como sexo, estado civil, idade e número de filhos, por exemplo.

Analisando todas as questões acima, você já poderá escolher o melhor seguro de vida para a sua necessidade com tranquilidade e segurança, e sempre aproveitando as melhores vantagens.


Comente:

Nenhum comentário