Procedimentos básicos para Reanimação Cardiopulmonar (RCP)




A reanimação cardiopulmonar (RCP) ou reanimação cardiorrespiratória (RCR) é um conjunto de manobras destinadas a garantir a oxigenação dos órgãos quando a circulação do sangue de uma pessoa para (parada cardiorrespiratória). Nesta situação, se o sangue não é bombeado para os órgãos vitais, como o cérebro e o coração, esses órgãos acabam por entrar em necrose, pondo em risco a vida da pessoa.

Curso online de Reanimação Cardiorrespiratória e Cerebral

São sinais clínicos da Parada CardioRespiratória:
  • Inconsciência;
  • Ausência de pulso;
  • Ausência de movimentos ventilatórios (apneia) ou respiração agônica (gasping).

Os procedimentos básicos da respiração são:

  1. desobstrua as vias aéreas (com cautela pois pode haver danos na cervical)
  2. afrouxe as roupas da vítima, principalmente em volta do pescoço, peito e cintura;
  3. verifique se há qualquer coisa ou objeto obstruindo a boca ou garganta da vítima;
  4. inicie a respiração de socorro tão logo tenha a vítima sido colocada na posição correta. Cada segundo é precioso.

Os procedimentos básicos da massagem cardíaca são:

  1. coloque a vítima deitada de costas sobre superfície dura em decúbito dorsal;
  2. coloque suas mãos sobrepostas na metade inferior do esterno com os braços estendidos;
  3. os dedos devem ficar abertos e não tocam a parede do tórax;
  4. faça a seguir uma pressão, com bastante vigor, para que se abaixe o esterno cerca de 5 cm, comprimindo o coração de encontro à coluna vertebral;
  5. descomprima em seguida.

Inicie a manobra com 30 compressões cardíacas, depois faça duas respirações e repita o ciclo totalizando 5 ciclos, quando se deve alternar o socorrista para fins de conservar a qualidade das compressões. A RCP deve continuar até que o ritmo cardíaco/respiratório se restabeleça ou até o socorro chegar.

De 4 a 6 minutos já pode ocorrer dano cerebral na vitima.. Após 6 minutos o dano cerebral é praticamente certo.

A medicina tenta ao longo de várias décadas, em uma luta sem fim, prolongar a vida. A Reanimação Cardiopulmonar é o exemplo maior desta conquista. O retorno da respiração e dos batimentos cardíacos após sua interrupção traz para a equipe médica uma satisfação inestimável.


Comente:

Nenhum comentário