Veja 11 dicas para manter sua saúde no ano novo




Qual a sua meta para 2016? Passar no vestibular? Perder peso? Conseguir um trabalho melhor? Tirar aquele ano sabático? Pode até parecer conselho de mãe, mas você não vai conseguir alcançar seus objetivos se não tiver um elemento primordial na sua vida: saúde.

Ter enxaquecas ou dores de cabeça constantes, fraqueza, dificuldade de concentração, insônia, sobrepeso, além de tornar a conquista das suas metas mais difícil, pode indicar que algo anda errado com o funcionamento do seu corpo.

O médico Ícaro Alves Alcântara, especializado em medicina ortomolecular, defende que organismo só funciona bem quando os "quatro combustíveis primordiais do corpo humano" estão a todo vapor, sendo eles: ingestão de água, alimentação, respiração e circulação sanguínea. 

É possível ter hábitos mais saudáveis de vida são a chave para conseguir a harmonia entre esses "combustíveis" e sugere uma espécie de programa para alcançá-los: mudar um hábito a cada semana ao longo de 11 semanas.   Confira!

 
Getty Images

Planeje-se!

Antes de adotar qualquer novo hábito, é preciso saber como ele vai se encaixar na sua vida e para isso é preciso planejamento. A sugestão é colocar no papel uma grade de horários da semana, com todas as atividades, desde as obrigatórias às facultativas
Thinkstock
Thinkstock

Água, muita água

Sem água, o organismo diminui o seu metabolismo, o que influencia no surgimento de doenças. A sugestão é tomar por dia 50 ml para cada quilo corporal, em períodos espaçados. Para uma pessoa que precisa tomar três litros de água diários, por exemplo, a distribuição seria um litro pela manhã, um litro e meio à tarde e meio litro à noite. Faça os cálculos e não espere sentir sede para beber água
Reprodução/The Kitchen Hot Line
Reprodução/The Kitchen Hot Line

Seja alguém de "fibras"

Comer de três em três horas não é papo de quem está fazendo "dieta". Ficar muito tempo sem comer faz com que o cérebro entenda que o acesso ao alimento é escasso e, por isso, retenha energia, em forma de gordura. Faça um café da manhã reforçado, porque ele é a principal refeição do dia, e não esqueça dos alimentos ricos em fibras, como folhas, frutas, cereais e brotos. A recomendação é comer ao menos duas fontes de fibras no mínimo duas vezes ao dia.
 
Leandro Moraes/UOL. Agradecimento: Vereda Academia e Fitness Model Agency

Panturrilhas: o "coração" das pernas

Exercícios evitam que nossas articulações "enferrujem" e melhoram a circulação sanguínea. Por isso, nunca passe mais do que 48 horas sem se exercitar e, ao menos uma vez por semana, faça exercícios de força. As panturrilhas, por exemplo, ajudam o coração a bombear o sangue de volta contra a gravidade. Sem se exercitar, o coração acaba tendo que fazer todo o trabalho sozinho, o que pode sobrecarregá-lo
 
Getty Images

Durma bem!

Para dormir bem é preciso cumprir uma espécie de ritual: apague a luz, se assegure de que haja silêncio, deite-se de lado em um colchão, com a cabeça em um bom travesseiro, até duas horas depois de ter feito a última refeição (que tem que ser leve). O quarto tem que ser um templo do sono: nada de computador na cama ou celular. O sono é o momento em que o corpo recupera suas energias, repõe nutrientes, fabrica hormônios e neurotransmissores
 
Getty Images

Respire!

As pessoas costumam respirar de maneira superficial, o que prejudica o fornecimento de oxigênio para o organismo. Para aprender a respirar direito, Alcântara recomenda atividades como meditação ou ioga. Quem não tem acesso a elas, pode começar praticando três ciclos de inspirações e expirações profundas, a cada hora, cuidando para que a duração da expiração seja mais ou menos o dobro do tempo da inspiração
 
Shutterstock

Deixe de remoer problemas

Estar constantemente estressado altera o equilíbrio dos hormônios e neurotransmissores, o que tem consequências negativas para o metabolismo. Por isso, Alcântara sugere ter pensamentos positivos, fazer atividades prazerosas --nem que sejam por apenas 15 minutos ao dia. Gaste energia solucionando problemas e não remoendo-os
 
Reprodução/BabyCenter

É a dose que faz o veneno

Qualquer coisa em excesso pode virar toxina no seu corpo, sejam alimentos, ou substâncias, comportamentos. "Toda vez que seu organismo for exposto a excessos e toxinas, perderá o equilíbrio e precisará de mais energia (e tempo) para recuperá-lo", explica. Essa energia será retirada da função para a qual estaria originalmente destinada.
Eric Gaillard/Reuters

Bote a cara no sol, com moderação

O sol além de ajudar o cérebro a perceber se é dia ou noite (essencial o metabolismo), faz com que a pele utilize o colesterol para sintetizar vitamina D. Qualquer hora é hora para tomar sol, o que vai variar é o tempo de exposição. Pode levar de 15 a 30 minutos antes das 9h30 e depois das 16h30 --já sob o sol de meio-dia pode levar apenas alguns poucos minutos
 
Shutterstock

O corpo reflete o que tem na mente

Mantenha a sua mente sã, ou seja, não guarde ressentimentos, raiva, pensamentos negativos. Isso se reflete no seu corpo
 
iStock

Busque bons profissionais de saúde

Buscar informações na internet é bastante válido, desde que seja em sites confiáveis, mas não substituirá nunca a velha consulta com o profissional de saúde. Por isso, vá regularmente ao médico, nutricionista, dentista..., ao menos uma vez no ano. Se vai fazer exercícios físicos, seja acompanhado por um educador físico.


Comente:

Nenhum comentário