5 palavras essencias para cuidar da Sua Saúde


http://seccor.net/wp-content/uploads/2015/01/Cuide-de-sua-saude.jpg

Vamos falar hoje de 5 palavras que devem nortear os cuidados com a Sua Saúde. Médico, Sono, Alimentação, Higiene e Exercício. Mesmo com a vida corrida que vivemos, não dá para esquecer essas cinco palavras para evitar doenças que costumam aparecer precocemente, tanto em crianças, jovens ou adultos.

Vamos as

1 – Médico
Ir ao médico nem sempre é sinônimo de estar doente ou algo parecido. Muito pelo contrário: quanto mais cedo alguma doença é diagnosticada, mais rápido e eficaz é o tratamento. Então, se você tem aquele medo de ir ao médico e marcar um checkup pelo menos uma vez por ano, saiba que você está em dívida com seu corpo e com sua saúde. E lembre-se: só os médicos podem oferecer remédios certos para doenças. Automedicação é crime.

2 – Sono
Existe a lenda de que quem dorme mais, descansa mais. Porém, pouco se sabe, é que a qualidade do sono é fundamental para ter um descanso adequado para o corpo e a mente. Mesmo com toda essa tecnologia diariamente aos nossos olhos, reserve a noite para dormir: seu corpo descansa muito mais em períodos noturnos do que diurnos. Segundo o Instituto do Sono, oito horas de sono é o suficiente para manter seu corpo e sua mente prontos para mais uma corre corre do dia dia.

3 – Alimentação
Todo mundo adora um bom doce, uma boa massa ou aquele salgado frito maravilhoso né? Então, não precisa cortar tudo isso radicalmente, mas evitar esses tipos de alimentos diariamente ajudará seu corpo a manter seu peso ideal. Os índices de obesidades crescem cada dia mais e atingem cada vez mais as crianças. Então dê o exemplo para os pequenos de sua família e dê preferências para verduras, legumes e grãos. Caso saia e precise se alimentar, leve uma barrinha de cereal do sabor que você gosta ou então uma fruta na bolsa ou mochila. Seu corpo agradecerá.

 4 – Higiene 
Para manter um corpo saudável e longe de bactérias, uma boa higiene é fundamental. Vivemos cercados de bactérias e vírus pelo ar e em tudo, pequenos seres que jamais enxergaremos, mas eles estão vivos por ai. Então, é sempre muito importante lavar as mãos antes e após usar o banheiro e quando fizer alguma refeição, escovar os dentes corretamente após as refeições e tomar banhos com frequência. Pronto, tudo isso ajuda a combater problemas com doenças que envolvam bactérias e vírus.

5 – Exercício
Praticar algum esporte ou fazer alguma atividade física ajuda, e muito, manter o corpo extremamente saudável. Sempre temos a desculpa de que não temos tempo, que a vida está corrida, mas lembre-se: você que deve cuidar de você. Então reserve, nem que seja três vezes por semana, 1h do seu tempo para fazer uma caminha ou quem sabe fazer aquele esporte que você gostava tanto na infância. Podemos mudar nossa rotina a nosso favor, basta querermos e termos disciplina de que nossa saúde precisa estar bem, para ter um corpo forte e uma mente saudável.

Leve a vida com essas cinco que a Sua Saúde será muito melhor cuidada!

Quais são os tipos de Afasia?


http://doctorvid.com/img/cargas/afasia2.jpg

A afasia é uma perda da capacidade para utilizar a linguagem devido a uma lesão na área do cérebro que a controla.

As pessoas com afasia estão parcial ou totalmente incapacitadas para compreender ou exprimir as palavras. Em muitas, o lobo temporal esquerdo e a região adjacente do lobo frontal são os que controlam a função da linguagem. Qualquer parte desta área reduzida que sofra uma lesão (por um icto, um tumor, um traumatismo craniano ou uma infecção) produz uma interferência, pelo menos, em algum aspecto da função da linguagem.

Dentre os tipos de afasia existentes, encontram-se:

  • Afasia de Wernecke: caracteriza-se pela fala fluente, ou logorréia, que não faz sentido para o ouvinte, embora a pessoa acredite estar falando correto e mantendo a entonação adequada. Normalmente, o paciente com logorréia apresenta dificuldade de compreensão e de expressão, mas consegue articular as palavras e irrita-se quando não é compreendido. É comum também esses pacientes articularem palavras que existam, mas que juntas não representam nenhum significado lógico.
  • Afasia de Broca: neste caso o paciente preserva a compreensão, mas têm dificuldade para falar, porque lhe faltam as palavras. Algumas escolhem jargões, uma palavra ou um nome qualquer para situações distintas e acreditam estar comunicando o que querem dizer.
  • Afasia global: é quando ocorre a perda total da capacidade de fala, compreensão, leitura e escrita.

O diagnóstico é feito através da avaliação da capacidade de compreensão e expressão do paciente. O correto é iniciar pela avaliação sensorial, já que a deficiência auditiva pode interferir no processo de comunicação. Nos casos de hemiplegia consequente de acidentes vasculares cerebrais, se faz necessário ter certeza de que apenas um lado está comprometido, antes de solicitar ao paciente que movimente o outro braço para mostrar que compreende o que lhe é pedido.

O tratamento para a afasia é longo e deve ser o mais frequente possível. A terapia baseia-se em exercícios que estimulem a linguagem oral e escrita. Para isso é importante planejar com antecipação as sessões levando em conta a idade do paciente, o grau de instrução e suas preferências pessoais, além do grau de perda verificado.

Saiba mais sobre os sintomas da Caxumba


http://www.colegioweb.com.br/wp-content/uploads/2014/12/11.jpg

A caxumba, também chamada de papeira ou parotidite, tem um período de incubação de duas ou três semanas. Seus primeiros sintomas são febre, calafrios, dores de cabeça, musculares e ao mastigar ou engolir, além de fraqueza. Uma das principais características da doença é o aumento das glândulas salivares próximas aos ouvidos, que fazem o rosto inchar. Nos casos graves, a caxumba pode causar surdez, meningite e, raramente, levar à morte. Após a puberdade, pode causar inflamação e inchaço doloroso dos testículos (orquite) nos homens ou dos ovários (ooforite) nas mulheres e levar à esterilidade. Por isso, é necessário redobrar a atenção nestes casos e ter acompanhamento médico.

Inchaço e dor na parótida e nas outras glândulas salivares infectadas (localizadas embaixo da mandíbula), dor muscular e ao engolir, febre, mal-estar, inapetência são sintomas da infecção, menos intensos nas crianças do que nos adultos.

Os seguintes sinais sugerem complicações da doença e exigem assistência médica imediata:

1) Dor e inchaço nos testículos (orquite);
2) Na região dos ovários (ooforite);
3) Náuseas, vômitos, dor no abdômen superior (pancreatite);
4) Rigidez na nuca, dor de cabeça e prostração (meningite).

A melhor maneira de evitar a caxumba é através da vacinação aos 15 meses de vida. Caso uma pessoa seja afetada, ela não deve comparecer à escola ou ao trabalho durante nove dias após início da doença. É preciso, ainda, desinfectar os objetos contaminados com secreções do nariz, da boca e da garganta do enfermo. A vacinação de bloqueio é recomendada para quem manteve contato direto com pessoas doentes.

Exercício físico na terceira idade


http://www.pisossul.com.br/wp-content/uploads/2013/10/atividade_terceiraidade2.jpg

Com o passar dos anos as limitações físicas tornam-se naturalmente evidentes devidas à idade e associadas, por vezes, a um estilo de vida sedentário. Manter o corpo ativo proporciona bem-estar físico e psicológico em todas as idades.

Na velhice verificam-se limitações orgânicas habitualmente inexistentes em tempos de juventude, e é fundamental que qualquer tipo de exercício físico realizado nestas idades seja o adequado às capacidades - articulares, cardíacas, pulmonares, etc.- de cada um. Recomenda-se, por isso, a avaliação e aconselhamento médico antes de iniciar um programa de treino. Em caso de lesões, a recuperação também se traduz em processos mais lentos, daí a necessidade de exercícios moderados. Em caso de sentir algum incomodo ou dor enquanto pratica alguma modalidade, não deve insistir mas sim parar de imediato.

Ao longo dos anos, a evolução da medicina tem vindo a proporcionar à população um aumento da esperança média de vida. Mas se por um lado existe esta evolução em termos científicos capaz de proporcionar maior longevidade, já no que diz respeito à qualidade de vida dos mais velhos não se verifica o mesmo crescimento.

A base de uma boa qualidade de vida está nas ações preventivas realizadas com o objetivo de reduzir o desenvolvimento de doenças características da terceira idade. Combater o sedentarismo mantendo o corpo ativo ajuda a um envelhecimento físico e mental gradual e retardado.

Exercícios, como andar ou nadar, tornam-se mais motivantes quando praticados em grupo e, por outro lado, combatem um sentimento também bastante relacionado com a terceira idade, a solidão. Para além disso, o exercício físico vai proporcionar melhorias no funcionamento do organismo e também a nível psicossocial, além de prevenir algumas doenças comuns de idades mais avançadas, como por exemplo a osteoporose.

Uma pessoa de 60 anos que pratique exercício com regularidade e se mantenha ativa fisicamente consegue ter as mesmas capacidades físicas de indivíduos com 40 anos mas que mantêm um estilo de vida sedentário. Os benefícios são tão evidentes que lhes permitem ter a autonomia para desempenhar todo o tipo de tarefas do quotidiano.

Conheça alguns dos exercícios mais procurados na terceira idade:

· Caminhada

· Hidroginástica

· Natação

· Musculação

· Alongamentos

· Pilates

Criar e manter hábitos saudáveis desde a juventude, é sem dúvida o melhor dos remédios.

Conheça as diferenças entre o leite integral, semi desnatado ou desnatado




Tomar leite todos os dias é fundamental para manter os ossos saudáveis, uma vez que esta é a melhor fonte de cálcio de que dispomos. Um adulto que não consuma nenhum outro alimento contendo este mineral consegue manter seus níveis regulados tomando apenas três copos de leite ao dia, até os 50 anos de idade. Após os 50 anos, esse consumo deve ser aumentado para uma média de cinco a seis copos todos os dias.

O leite integral contém maior índice de gordura mantendo de maneira integral, como o próprio nome sugere, toda a gordura presente no leite antes que este seja industrializado. A porcentagem de gordura presente neste tipo é de no mínimo 3% de sua composição. O leite integral é mais indicado para as crianças acima de dois anos de idade uma vez que, nesta fase, a demanda de energia é bastante alta.

Adolescentes e pré-adolescentes que estejam passando pela puberdade devem continuar consumindo leite em quantidades significativas, porque seu organismo também necessita energia para que seu desenvolvimento não seja prejudicado.

É importante ressaltar, entretanto, que crianças e adolescentes que se encontrem acima do peso devem evitar o leite integral. Isso porque a grande quantidade de gordura nele contida pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, além de dificultar a perda de peso.

Leite desnatado

Quem sofre de doenças do sistema cardiovascular ou está em dieta alimentar para perder peso deve dar preferência ao leite desnatado. Ele não contém as vitaminas A e D presentes no leite integral, mas, em compensação, possui índices de gordura muito baixos.

O leite desnatado mantém as mesmas quantidades de proteínas, cálcio, fósforo, potássio e demais nutrientes do leite integral, de modo que pode substituí-lo sem que a saúde seja prejudicada. O que o torna menos "energético" é, de fato, a gordura. Este tipo de leite, tal como o integral, pode ser usado também na culinária.

Leite semi desnatado

O leite semi desnatado, tal como o desnatado, é processado no sentido de que seja retirada uma parte da gordura contida no leite integral. É um intermediário entre os outros dois tipos, com níveis de gordura entre 06% e 2,9%. Tal como os demais, este também mantém os mesmos minerais.

Para que as pessoas que sofrem de intolerância à lactose ou outras alergias relacionadas ao leite de vaca não necessitem cortar o consumo deste alimento, há atualmente no mercado uma ampla variedade de leites. O que vale é não negligenciar o consumo desse alimento.

 

Fonte: Dicas de Mulher

5 alimentos bons para estômago sensível


Pode haver muitas causas para você ter um estômago sensível. Uma delas sem dúvidas é a má alimentação. Se você come com frequência alimentos gordurosos, ácidos ou condimentados, a chance de você desenvolver gastrites ou úlceras é grande. Esses alimentos fazem com que você sinta uma sensação de azia, mal estar e queimação de estômago. Para evitar esses problemas, você deve investir em alimentos bons para combater estômago sensível.

Alimentos que combatem dor no estômago

Óleos vegetais: dê preferência para usar os óleos vegetais na preparação dos alimentos, pois eles ajudam a neutralizar a acidez se adicionados diretamente na comida.

Carnes brancas: carnes como frango ou peixe grelhados são alimentos leves indicados para quem possui problemas na região do estômago.

Hortelã: O chá de hortelã ajuda com o problema do estômago, regula o intestino e diminui a oleosidade da pele.

Alho: as propriedades do alho trazem muitos benefícios para a saúde e combatem o incômodo no estômago.

Gengibre: Rico em vitaminas, cálcio, ferro e proteínas, o gengibre é usado no tratamento contra náuseas e dores de estômago.

Diminua o cansaço visual por uso do computador


http://drpedrooliveira.net.br/blog/wp-content/uploads/2013/01/timthumb.jpg

Pessoas que passam muito tempo na frente de computadores podem estar sofrendo de Síndrome de Visão de Computador (CVS, em inglês), cujos sintomas são queimação, olhos secos e cansados, dores de cabeça e no pescoço e visão embaçada. A CVS é normalmente conhecida como cansaço visual ou eyestrain, um mal causado por excessivo uso de monitores, iluminação de má qualidade e outros fatores do ambiente. Desconforto físico persistente é outro sintoma.

Confira 22 dicas do site The Lighting Blog:

1. O usuário deve ficar alguns minutos longe do computador e fora da mesa de trabalho, se possível, a cada hora.

2. Caso não possa deixar a mesa, é recomendável inclinar-se para trás, fechar os olhos e relaxar por alguns minutos.

3. Sugere-se separar trabalhos auxiliares para realizar durante estas pausas.

4. São muito proveitosos exercícios de alongamento com movimentos próprios para execução em ambiente de escritório, recomendados pela Clínica Mayo (atalho tinyurl.com/2wdwst).

5. Iluminações e brilhos que emanam de trás do monitor entram em contato direto com os olhos. Se houver opção, o mais recomendável é usar lâmpadas de mesa que fiquem em qualquer dos lados da área de trabalho. O monitor produz sua própria luz, de modo que o usuário apenas necessita ajustar a luz indireta ao redor de si.

6. Caso o local de trabalho seja próximo a uma janela por onde entre muito sol, é conveniente ajustar cortinas ou persianas para que as luzes não interfiram diretamente no monitor.

7. Evitar trabalhar em locais demasiado escuros, pois o monitor parecerá um farol no meio da escuridão. Os olhos terão de fazer força para enxergá-lo, por conta do contraste entre a ausência e a presença de luz intensa ao mesmo tempo. Se não há maneira de evitar, deve-se diminuir a luminosidade da tela. Isso permitirá um razoável conforto, mas, mesmo assim, em determinado momento os olhos vão se irritar.

8. Caso o usuário pretenda realmente se livrar do cansaço visual e necessite de luzes apropriadas para sua casa ou local de trabalho, existem lojas especializadas em iluminação de alta qualidade que podem se adequar ao padrão de cada um.

9. Plantas naturais no local de trabalho não só tornam os espaços mais úmidos, como também reduzem a poeira e outras partículas que poderiam irritar os olhos.

10. Alguns produtos naturais também podem ser úteis para aliviar olhos secos, que são uma das maiores reclamações entre usuários de computadores.

11. Monitores CRT convencionais (de tubo de imagem) podem ter sua intensidade regulada para reduzir o cansaço visual. Além disso, a taxa de "refresh" pode ser ajustada, melhorando a qualidade de vídeo e o conforto visual.

12. Modelos de tela plana valem o investimento, pois oferecem visualização melhor que as telas curvas. Além de maior qualidade visual, os monitores CRT de tela plana oferecem melhores taxas de refresh, além de ajustes mais ricos de contraste e cor. Muitos escritórios vêm optando por telas LCD por razões ergonômicas e de economia de energia. O mais importante é que a resolução da tela de LCD também reduz o cansaço visual.

13. Vale a pena investir em um laptop. Os modelos variam de 10 a 19 polegadas, possuem boa definição gráfica, cores profundas, contraste e várias formatações ajustáveis. É preciso comparar e determinar qual o que melhor se encaixa às necessidades e ao orçamento de cada usuário.

14. É necessário configurar adequadamente os elementos gráficos do computador para maximizar o conforto visual. Configurações são totalmente subjetivas e, por isso, laptops podem requerer freqüentes ajustes dependendo da luz e de outras variáveis do ambiente em que se encontram.

15. Tamanhos de fonte também podem ser ajustados para facilitar a leitura. Caso seja necessário se inclinar em direção à tela para ler o texto, é melhor aumentar um pouco o tamanho das letras. De acordo com a Clínica Mayo (atalho tinyurl.com/yp5uqh) "fontes pequenas podem causar aumento de pressão e de estresse visual".

16. Optometristas recomendam que o monitor esteja a uma distância entre 50 e 70 cm dos olhos, aproximadamente à distância de um braço esticado.

17. Filtros e escudos antibrilho para monitores podem ser de vidro óptico ou polarizado, servindo para telas CRT, telas planas ou laptops. Pode-se ainda optar por coberturas anti-estáticas, que repelem poeira.

18. Pessoas que trabalham com entrada de dados e assistentes administrativos usualmente convertem dados de documentos para bancos de dados eletrônicos. Recomenda-se a estes profissionais o uso de braçadeiras mecânicas para segurar o documento que está sendo digitado, mantendo-o a uma distância dos olhos igual à que separa os olhos do monitor, pois isso causará menor cansaço visual.

19. Programadores trabalham intensamente com linguagens de computador em que, às vezes, são utilizados muitos símbolos com configurações visuais complicadas. Em casos assim, é preferível que se utilize fontes simples, tais como Courier e New Courier.

20. Diretores de arte e webdesigners precisam de maiores resoluções gráficas de monitor para seus trabalhos. Devem, portanto, ajustar a configuração de vídeo para aliviar seus olhos.

21. É importante fazer exames de vista regulares. Se o usuário tiver tendência a apresentar problemas de vista, ou se trabalhar com uma demanda diária muito pesada, então deveria fazer exames mais regularmente.

22. Outra opção são óculos de descanso para uso enquanto se trabalha no computador. São uma boa alternativa para atenuar o cansaço visual, mas seu uso é individual e requer recomendação médica.