Exames para diagnosticar a hipertensão




http://wolsdesign.com/outros_sites/anapaulafidelis/wp-content/uploads/2011/09/87650248.jpg

O diagnóstico é baseado na medida da pressão arterial com um aparelho chamado esfigmomanômetro, usado em hospitais, ambulatórios e consultórios, que pode ser analógico, digital ou de coluna de mercúrio. Embora a medida isolada da pressão possa sofrer influência de vários fatores, é um procedimento simples e, na maioria das vezes, suficiente para confirmar ou afastar o diagnóstico de hipertensão arterial. Quando os valores são pouco alterados ou limítrofes, recomenda-se repetir a medida em outras ocasiões. Atualmente, há recursos adicionais para diagnosticar a hipertensão.

Um deles é o teste ergométrico, ou teste de esforço, no qual a pressão arterial do indivíduo é medida antes, durante e após o esforço físico e pode evidenciar se ele possui risco de desenvolver hipertensão. Outro recurso é a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA), que registra a pressão arterial do paciente por 24 horas, ao longo de suas atividades diárias e do sono, fornecendo dados relevantes para o médico. No entanto, nenhum desses recursos substitui a avaliação clínica do paciente e a medida da pressão arterial no c​onsultório.


Comente:

Nenhum comentário