Saiba como fazer a cirurgia de redução de estômago de graça





O Sistema Único de Saúde (SUS) realiza a cirurgia bariátrica – aquela que reduz o tamanho do estômago.

Os pacientes que são operados precisam ter no mínimo 16 anos e ser diagnosticados com obesidade mórbida.

A restrição tem um motivo: esses pacientes correm um alto risco de desenvolver doenças graves e, por isso, têm prioridade.

Como fazer a operação gratuita

Veja como marcar uma cirurgia pelo Sistema Único de Saúde clicando aqui.

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, Dr. Almino Ramos, para estar na classificação de obesidade mórbida e fazer a cirurgia pelo SUS é necessário ter o Índice de Massa Corporal (IMC) igual a 40 ou mais.

Quem tiver IMC entre 35 e 40 pode fazer a operação se provar a necessidade. Ou seja, o paciente deve apresentar outros problemas que surgem por causa do excesso de peso, como diabetes, hipertensão, colesterol alto ou problemas ortopédicos.

O cálculo do IMC é feito assim:

É importante saber que a redução de estômago só é feita no sistema público de saúde quando é a última opção.  O paciente terá que passar primeiro por um tratamento médico para emagrecer e só será encaminhado para a cirurgia se esse acompanhamento não der certo.

Além disso, a fila de espera para realizar a redução pelo Sistema Único de Saúde pode variar de alguns meses até anos.

O que acontece depois da cirurgia

A redução do estômago faz com que o paciente coma menos, afinal, o espaço para a comida no estômago fica bem menor. E assim começa a perda peso.

Existem vários tipos de cirurgia bariátrica: algumas retiram parte do estômago, enquanto outras grampeiam o órgão para que só parte dele seja usado.

O SUS também oferece cirurgia plástica pós-operatória para retirar o excesso de pele de quem fez a redução do estômago.

É importante lembrar que a operação não resolve tudo sozinha. Quem vai fazer esse procedimento precisa manter hábitos saudáveis depois.

Para ver outras cirurgias que você pode fazer pelo SUS, clique aqui.


Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário