Conheça alimentos que reduzem insônia




Para a maior parte das pessoas, o ideal é dormir de sete a oito horas
por noite, mas, por diversos motivos, nem sempre isso é possível. Uma
das causas que impede o sono contínuo é a insônia, um mal que
prejudica a saúde física e mental de muitas pessoas. Uma estratégia
para driblar essa dificuldade é mudar os hábitos alimentares.

Veja abaixo algumas dicas de alimentos:

Banana
A fruta é rica em triptofano, uma substância que ajuda o organismo a
produzir serotonina, que por sua vez é um neurotransmissor que melhora
o humor e provoca sensação de bem-estar.

Laranja
A vitamina C presente nesta fruta auxilia na redução dos níveis de
cortisol, um hormônio que está relacionado ao estresse. Dessa forma,
ao se alimentar de frutas cítricas, a tendência é que o sono seja mais
relaxante.

Peixe
As carnes magras possuem um aminoácido chamado taurina, que estimula a
liberação de neurotransmissores que reduzem o estresse. Essa mesma
substância é encontrada em energéticos, ela ajuda a controlar a
ansiedade e a tensão.

Espinafre
Também fonte de taurina, a verdura é rica em ácido fólico, também
conhecido como vitamina B9. A substância desempenha um papel de poder
antidepressivo colaborando para uma boa noite de sono. Têm o mesmo
efeito do espinafre os cereais integrais e outras verduras de folhas
verde-escuras.

Amêndoa
O fruto possui triptofano, um elemento que aumenta a produção dos
hormônios ligados ao bem-estar. É rico em zinco, magnésio, cobre e
ferro, que são minerais que combatem a insônia e promovem um sono
tranquilo.

Maracujá
Um calmante natural também rico em vitamina C. Uma dica é tomar sucos
da fruta durante o dia e à noite fazer uma chá bem quente.

Outras recomendações para casos de insônia:

Jante três horas antes de se deitar e, caso sinta fome, coma um lanche
leve. Durante essa refeição também evite alimentos gordurosos, café,
bebidas alcoólicas e chocolates.

Inclua arroz, pão integral, leite, nozes e lentilha na alimentação.
Esses alimentos também ajudam a reduzir a ansiedade.

Mantenha uma rotina no horário de dormir e acordar, pratique
atividades físicas e, finalmente, na hora de dormir, desligue a
televisão, computador e celular. Os aparelhos eletrônicos ligados no
quarto podem atrapalhar ainda mais o sono.

Comente:

Nenhum comentário