Misturar álcool com energéticos pode afetar saúde, diz pesquisa




Misturar álcool com bebidas do tipo energéticos causam podem causar palpitações cardíacas e distúrbios do sono  Foto: Getty Images

O que muitos devem ter sentido na prática agora foi confirmado por uma pesquisa realizada pela Universidade da Tasmania: que misturar álcool com bebidas do tipo energéticos causam podem causar palpitações cardíacas e distúrbios do sono. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Segundo o estudo, realizado com 400 homens e mulheres, entre 18 e 35 anos, e publicado pelo jornal Alcoholism: Clinical & Experimental Research, os que consomem a mistura têm seis vezes mais chances de sentir o coração acelerado do que os que tomam bebida alcoólica.

Esses consumidores também apresentam quatro vezes mais problemas para dormir, bem como tremores, irritabilidade e momentos de exaustão, após o pico de energia sentido pelo corpo.

A substância que provoca os sintomas é a cafeína, já que as bebidas do tipo energético contêm cerca de 80mg da mesma, quantidade encontrada em duas latas de refrigerante tipo Cola e uma xícara de café instantâneo.
 

O estudo também investigou outros efeitos dos energéticos, como o fato de cortarem alguns efeitos do álcool no organismo, como os sedativos, deixando os consumidores mais alertas, e evitando a fala arrastada, por exemplo.

A pesquisa mostrou ainda que as pessoas que consomem as duas bebidas juntas tendem a abusar menos do álcool.



Comente:

Nenhum comentário