Estresse engorda e desencadeia doenças






Será que nosso estado emocional pode atrair ou ajudar a prevenir doenças? Um estudo realizado por Cientistas da Universidade de Carnegie Mellon, em Pittsburgh, EUA, aponta que sim. O trabalho identificou que a condição psicológica do ser humano altera a capacidade do hormônio cortisol, que possui diversas funções no nosso organismo e regula a resposta inflamatória, provocando um aumento de trabalho das glândulas suprarrenais.

E quando produzido em excesso, reação que acontece principalmente nas situações de estresse, esse hormônio provoca também a retenção de líquido e acúmulo de gordura. Como se sabe as inflamações podem provocar o surgimento e o desenvolvimento de muitas doenças como as cardiovasculares, a asma e as doenças autoimunes.

O estudo, liderado por Sheldon Cohen e publicado na prevista Proceedings of the National Academy of Sciences, ajudará a identificar quais doenças podem ser influenciadas pelo estresse e como impedir que esses males se desenvolvam.

Enquanto isso não acontece, medidas simples para baixar os níveis do hormônio cortisol podem ser adotadas: prática de exercícios, alimentação equilibrada, sono regular e diminuição de cafeína.




Comente:

Nenhum comentário