Síndrome metabólica pode causar doenças renais




Pessoas com problemas metabólicos têm um maior risco de desenvolver doença renal, revela um estudo que será publicado no periódico científico Journal of the American Society Nephrology.

A síndrome metabólica é caracterizada por um grupo de fatores que predispõem às doenças cardiovasculares, ao diabetes e – quando as doenças ocorrem associadamente – à morte prematura. Para ser diagnosticado com síndrome metabólica, o paciente deve se enquadrar em três ou mais das seguintes características: hipertensão, açúcar elevado no sangue, excesso de gordura abdominal, baixo nível de bom colesterol e índices elevados de ácidos graxos.

Para o estudo, os pesquisadores da Clínica Cleveland combinaram os dados de 11 estudos que examinavam a relação entre a síndrome metabólica e a doença renal. No total, foram considerados 30.416 pacientes de vários grupos étnicos.

Segundo os resultados, pessoas com síndrome metabólica têm 55% mais chances de desenvolver problemas renais, principalmente em relação à diminuição da função renal. Além disso, eles concluíram que o risco de ter problemas nos rins aumenta à medida que os componentes da síndrome metabólica crescem.

"Os clínicos gerais deveriam passar a considerar pessoas que sofrem de síndrome metabólica como pacientes com riscos potenciais de ter problemas renais", disse Sankar Navaneethan, autor do estudo.

A prevenção da síndrome metabólica se dá a partir da adoção de hábitos saudáveis, como dieta balanceada e a prática de atividades físicas. Estudos sugerem que com a perda de excesso de peso, aumento dos níveis de colesterol bom no sangue e controle do açúcar, é possível diminuir os riscos de desenvolver a doença renal. Porém, segundo os pesquisadores, mais estudos são necessários para confirmar essa relação.

Fonte: Site Veja



Comente:

Nenhum comentário