Ligação entre estresse no trabalho e sedentarismo à obesidade





Pessoas que trabalham sentadas e têm uma ocupação de grande estresse correm mais risco de se tornarem obesas, segundo estudo da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos. E, de acordo com os autores, nem uma dieta rica em frutas, verduras e legumes pode reverter os efeitos do estresse crônico no trabalho sobre o ganho de peso de pessoas sedentárias.

 

A análise de mais de 2,7 mil empregados de uma fábrica de Nova York indicou uma associação entre alta pressão no trabalho - com o medo das demissões e a falta de controle sobre as próprias atividades - e diversos problemas de saúde, incluindo doença cardiovascular, síndrome metabólica, depressão, exaustão, ansiedade e ganho de peso.

 

Os pesquisadores destacam que essa tendência pode ser aplicadas a diversas situações de trabalho, em qualquer lugar do mundo. "Ouvimos sempre a mesma história: após passar o dia sentado em reuniões estressantes ou em seus computadores, eles não podem esperar para chegar a suas casas e se jogarem em frente à TV". E os especialistas destacam que o comportamento sedentário, aliado ao estresse crônico, tem forte ligação com o ganho de peso


Produtos relacionados :

  Massageador Corporal Grande - Orgânica   Hidromassageador para Pés - G-Life Camisa Seleção Brasil I 2010 s/nº Amarelo Tam. M - Nike


Comente:

Nenhum comentário