O nervo ciático





Condição em que as pernas têm movimento e/ou sensação prejudicados devido a um dano ao nervo ciático.

A disfunção do nervo ciático é uma forma de neuropatia periférica. Ocorre quando há dano ao nervo ciático, o qual se localiza na perna, na região dos músculos da parte posterior do joelho e na porção inferior da perna. O nervo ciático é o responsável pela sensação da parte posterior da coxa, parte da porção inferior da perna e sola do pé. Um dano parcial ao nervo ciático pode parecer idêntico a um dano a uma das ramificações do nervo ciático (disfunção do nervo tibial ou disfunção do nervo peroneiro comum).

A disfunção de um grupo nervoso, como o nervo ciático, é chamada de mononeuropatia. A mononeuropatia indica que o dano ao nervo teve uma causa local, ainda que distúrbios sistêmicos possam, em alguns casos, provocar dano a um nervo isolado (como acontece na mononeurite múltipla). São causas comuns: o trauma direto (freqüentemente devido a uma injeção aplicada nas nádegas), uma pressão externa prolongada no nervo e uma pressão no nervo vinda de estruturas corporais próximas. O aprisionamento provoca pressão na porção do nervo que passa por uma estrutura estreita. O dano causa a destruição do revestimento de mielina do nervo ou a destruição de parte da célula nervosa (o axônio). Tal dano retarda ou impede a condução de impulsos através do nervo.

É comum a ocorrência de lesões ao nervo ciático por fraturas da pélvis ou por ferimentos de bala ou outros traumas às nádegas ou à coxa. Pode haver lesão ao nervo durante a aplicação de injeções intramusculares nas nádegas, ou por se estar sentado ou deitado por muito tempo, Com pressão sobre as nádegas. Doenças sistêmicas geralmente afetam o nervo, causando polineuropatia (dano a diversos nervos), tais como o diabetes mélito ou a poliarterite nodosa. O nervo também pode ser danificado por lesões, como um tumor, um abscesso, ou um sangramento na pélvis. Em muitos casos, não se pode identificar a causa. Estes fatores mecânicos podem ser complicados por uma isquemia (falta de oxigênio devida a uma diminuição do fluxo sangüíneo) na área. A ruptura de um disco lombar pode causar sintomas que se parecem com os de disfunção do nervo ciático.

Você já acessou hoje o blog sobre Dores na Coluna



Comente:

Nenhum comentário