Dicas para pacientes com paralisia facial




 
É bastante comum que o paciente receba orientação para fazer exercícios com movimentação exagerada e com força excessiva. No entanto, como esses exercícios não são específicos muitas vezes eles reforçam padrões de movimento inadequados. Instruções como "feche os olhos com toda força" ou "faça um sorriso exagerado" não iráo produzir o movimento desejado e com simetria que seria necessário para normalizar a função. O uso de exercícios com esforço máximo faz um recrutamento excessivo das unidades motoras, produzindo padrões que são muito diferentes da expressão facial normal, que é sutil e delicada.
Massagem com movimentos lentos e profundos também é recomendada. Essa massagem possibilita que o músculo continue macio e flexível enquanto diminuindo a contração e encurtamento do músculo.

Algumas dicas importantes:

-         Usar óculos escuros para proteger seus olhos de poeira, poluição e quando sair ao sol

-         Evitar ficar em lugares enfumaçados

-         Não tomar banhos de piscina e mar sem uma proteção para os olhos

-         Pingar colírio várias vezes ao dia conforme orientação médica

-         Proteger o olho com tampão para dormir – usar um esparadrapo antialérgico (transpore) cortado em tirinhas de mais ou menos 5 cm x 1 cm formando um "X" em cima do olho paralisado.

-         Matigar tudo devagar, dos dois lados e com a lingua limpar a cavidade bucal. Não colocar o dedo para retirar o alimento que pode ficar coletado entre os dentes e a gengiva.

-         Passar água de um lado para o outro da bochecha durante o banho e quando escovar os dentes. Se vazar pelo lado paralisado então fazer uma pinça com o polegar e o indicador e segurar os lábios.

-         Manter seus olhos bem abertos quando mastigar



Comente:

Nenhum comentário