Dieta do Carboidrato




Este regime é basicamente a base de proteínas. Muito simples, na prática você pode comer quanto quiser, mas deve evitar os carboidratos (basicamente açúcares e massas).

Frutas (poucas), apenas depois de 15 dias.

Essa dieta funciona, mas evite "quebrar o regime" mesmo que seja com uma xícara de café com açúcar.

Considerações:

Não pode comer nenhuma espécie de carboidrato (hidrato de carbono ou sacarídeo), para que dentro de 48 horas entre em ação o CETÔNICO do seu corpo, que é uma glândula que fica sem funcionar caso haja a ingestão de carboidrato. Após 48 horas sem ingerir carboidrato, ela começa a usar as energias armazenadas (gordura). Se houver a ingestão de alimentos que contenha carboidrato, deverá começar tudo de novo.

Você poderá comer bastante gordura pois será transformada em glicose para que não cause hipoglicemia (falta de açúcar no sangue).

CETÔNICO é dietético, energético, laxante, relaxante e tira o apetite. É encontrado no organismo e só se manifesta se você não comer carboidratos. Para medir o CETÔNICO, compre na farmácia ( Gluketur-test da Roche, vem 50 bastões e custa em média R$ 32,00) .

No início, até formar o CETÔNICO (antes de completar 48 horas), você irá sentir fome, não podendo deixar de comer. Não passe fome. Coma quanto e quando quiser, desde que não seja carboidrato.

A necessidade diária de carboidrato, para o adulto, varia entre 300 a 800 g, conforme o peso da pessoa, por isso quando suprimimos o carboidrato o organismo precisa compensar.


Alimentos liberados pois não contém carboidratos

Alimentos permitidos em qualquer quantidade:

Mos produtos industrializados, o ideal é verificar no rótulo o percentual de carboidrato que deve ser 0 (zero) ou menor que 1%.

Carne de porco, carne de aves, carne de vaca, peixe, nata, presunto & presunto cozido, bacon, lingüiça de porco, salaminho, cópa, ovos, queijos (somente os queijos industrializados – queijo fresco e mineiro não pode comer).

Verduras e Legumes:

Repolho, alface, tomate, vagem, couve-flor, brócolis, pimenta, cebola, pepino, abobrinha, quiabo, nabo, rabanete, acelga, jiló, salsa, chicória, escarola, palmito, berinjela, azeitonas, pimentão, espinafre, couve, agrião, rúcula e tomate (máximo 3 por dia).

Sobremesa que pode a vontade:

Gelatina diet (Adocyl, Doce Menor e Sucryl), pois não tem carboidratos.

Comente:

Nenhum comentário