Alogamento para dor na coluna





Pesquisas realizadas por hospitais indicam que cerca de 80% da população brasileira sente, sentiu ou sentirá dor nas costas

As causas das dores lombares podem ser várias, mas a maioria está relacionada à má postura e movimentos bruscos do dia-a-dia, como virar-se rapidamente ao descer do carro. Se você quer sair da estatística e melhorar sua qualidade de vida, comece a praticar exercícios físicos. Mas sem exageros!

Antes de optar por alguma modalidade faça uma avaliação médica. Só o especialista poderá recomendar com segurança as atividades ideais no seu caso.

Todo treino físico deve começar com um bom alongamento para aquecer os músculos e evitar lesões. A sessão "estica-estica" também é ótima aliada para prevenir dores lombares.

Confira abaixo alguns exercícios que você pode fazer em casa:

1 - Em pé e com as pernas juntas, eleve os braços até as palmas das mãos ficarem paralelas sobre a cabeça. Imagine que você está segurando uma grande bola presa a um fio e ela está te puxando para baixo. Sempre com os braços esticados vá descendo o tronco até tocar a mão no chão. Não flexione as pernas. Se não conseguir, respeite o seu limite. Tente manter a posição por 10 segundos. Volte lentamente até a posição inicial.

2 - Deite num colchonete com a barriga para cima e estique-se o máximo que puder. Mantenha pernas e braços alongados em direções opostas. Ou seja, as pontas dos pés devem apontar para o sul e as mãos, para o norte.

3 - Ainda deitado de barriga para cima, flexione as pernas e abrace-as.

4 - Mantenha-se deitado. Flexione uma perna e apóie o pé no chão. Levante a outra perna, sempre estendida. Com o tronco no chão, tente encostar a ponta dos dedos das mãos na ponta dos dedos do pé. Segure por 10 segundos e repita o movimento com a outra perna.

5 - Sente no chão com as pernas cruzadas. Eleve os braços sobre a cabeça e mantenha a coluna ereta. Agora vá descendo o tronco lentamente até encostar o peito nas pernas.

Importante: Repita cada exercício duas vezes. Mantenha cada posição pelo menos 10 segundos e respeite o limite de seu corpo. Talvez não consiga realizar o movimento completo não primeira vez em que tentar.

Sua flexibilidade vai melhorando ao longo do tempo. Tente seguir esta rotina três vezes por semana. Se fizer direitinho, perceberá mudanças depois de dois meses. Faça toda a seqüência com calma. Escolha um lugar tranqüilo e arejado. Não esqueça da respiração.

Inspire e expire ao longo de todo o exercício

Comente:

Nenhum comentário