Desintoxicação na alimentação


Período de desintoxicação é mais do que aconselhável para quem deseja retomar a forma arduamente adquirida para o verão e que foi perdida com as guloseimas das férias

Para a maioria, férias é sinônimo de liberdade, especialmente na alimentação. Mas basta adicionar tira-gostos na praia e aumentar o consumo de bebida alcoólica para deixar pra trás a disciplina alimentar. "O resultado é percebido não só na balança. As toxinas podem estar em todo o organismo - do sistema digestivo à pele", destaca o médico Leandro Vaz, especializado em medicina antienvelhecimento. Quem exagerou na dose e quer retomar a forma adquirida durante a preparação para o verão deve passar por uma desintoxicação, o que não deve ser feito sem orientações de um especialista.

Entre os principais mitos relacionados à desintoxicação está o jejum. "Se nosso corpo funciona ininterruptamente, necessita da energia fornecida pelos alimentos", afirma. "Ao invés de radicalizar, o aconselhável é adotar uma alimentação leve, com seis refeições diárias e ingestão de dois a três litros de água".

Outra dica é o consumo de alimentos ricos em selênio (ex.: castanha-do-pará), ômega 3 (ex.: salmão) e eliminadores de gordura (ex.: farelo de aveia). "Já em relação às frutas, o ideal é dar preferência ao abacaxi, ao mamão, ao melão e à melancia, por possuírem enzimas que favorecem a queima de calorias. Além disso, a prática de atividades físicas moderadas e a sauna também auxiliam o processo", orienta o nutricionista Leonardo Costa.

A desintoxicação proporcionará um melhor desenvolvimento do intestino e do estômago, além da melhora na aparência da pele e dos cabelos. O cuidado com a pele pode ser complementado com diversos tratamentos estéticos e relaxantes. Um deles é a fangoterapia, técnica que utiliza águas termais e lama proveniente de terras vulcânicas. A mistura é aplicada na face ou no corpo com o objetivo de absorver substâncias tóxicas e células mortas, realizando uma limpeza profunda na pele. A fangoterapia é indicada para estimular a circulação, hidratação de pele seca, tratamento de acne, combate ao envelhecimento e à flacidez, entre outros.

A drenagem linfática também pode ser uma grande aliada nesse processo. Durante as sessões, o especialista empurra o excesso de líquido acumulado nos tecidos para o sistema linfático, que o elimina pela urina. O tratamento também diminui a probabilidade de fibrose.

Para aqueles que desejam alcançar uma perda de peso considerável através da reeducação, é possível optar por programas que tenham duração de duas semanas e contam com acompanhamento médico. "Ao seguir as orientações da equipe, o paciente chega a perder quatro quilos. Mas o maior benefício alcançado é a adoção de hábitos saudáveis, que podem e devem ser mantidos ao longo do ano", reforça o médico Leandro Vaz.

Drenagem linfática melhora a auto-estima e rejuvenesce


A simples arte de tocar no ser humano tem um grande significado para a saúde física e mental do indivíduo
Motivadas pelo enorme desejo de alcançarem o abdômen "tanquinho" e a silhueta tipo "violão", sem aquelas gordurinhas localizadas que tanto incomodam e levam ao desespero, muitas mulheres procuram, hoje, clínicas de estética e massoterapia em nome das sessões de drenagem linfática.

A terapia é, atualmente, a mais requisitada no Brasil para a perda de medidas. Movimenta um mercado milionário e traz grandes esperanças aos não amantes das academias de ginástica e nem do bisturi. Além disso, com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), enquanto a desnutrição caiu de 9,5% para 4% da população, o número de brasileiros gordos aumentou exponencialmente. Atualmente, 40% dos adultos no País estão acima do peso considerado ideal, com Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 25. Ao se levar em conta o total de obesos, pessoas com IMC superior a 30, o percentual é de 8,8% para os homens e 12,7% para as mulheres.

Apesar disso, dentre os principais benefícios das sessões de drenagem linfática também estão a melhora da auto-estima, da circulação sanguínea - além da linfática -, o relaxamento geral do corpo e um efeito que pouco é comentado, o rejuvenescedor.

De acordo com a massoterapeuta Pâmi Gárcia, proprietária do Místika Spa, de Campinas, a drenagem linfática deve ser vista muito mais como uma terapia em prol da saúde, do que propriamente a estética. "A drenagem auxilia sim na redução da celulite e das gorduras localizadas, uma vez que estimula a circulação linfática, ajudando o corpo a eliminar toxinas e a nutrir os tecidos. Entretanto, os benefícios ao corpo e à saúde vão muito além", comenta a terapeuta.

Ela explica que a simples arte de tocar no ser humano tem um grande significado para a saúde física e mental do indivíduo. "Todos nós sentimos necessidade do toque", afirma Pâmi.

Experimentos clínicos mostram a diferença de reação à doença quando enfermos são tocados pelos profissionais de saúde. Um simples gesto de acariciar a cabeça de um enfermo já é suficiente para, pelo menos momentaneamente, a pessoa se sentir confortada.

Ela ainda comenta que o próprio toque dos amantes era o suficiente. A mãe tocando o filho, brincando com o seu corpo, e isto era massagem. O marido brincando com o corpo da mulher e isto era massagem. "Era o suficiente, um profundo relaxamento, parte do amor. Mas isso vem desaparecendo do mundo,em que cada vez mais as pessoas esquecem de onde tocar, como tocar, o quanto profundo tocar", explica. O toque é uma das linguagens mais esquecidas e, porém, de suma importância para o emocional de qualquer ser humano. "Tocar o outro é uma benção, uma arte sagrada, um dom especial", conclui a massoterapeuta.

Muitas universidades, principalmente nos Estados Unidos, estudam os efeitos da massagem sobre as pessoas em todas as faixas etárias. A Escola de medicina da Universidade de Miami - Instituto de Pesquisa do Toque, ou "Touch Research Instituite" -, por exemplo, já conduziu em torno de 78 estudos sobre os efeitos positivos da terapia e da massagem e dentre as descobertas significativas estão a melhora no crescimento, no caso de crianças; a redução de dores, como por exemplo a fibromialgia; a redução nos problemas com a auto-imunidade, com o aumento das funções pulmonares na asma e diminuição dos níveis de glicose em diabéticos; a melhoria da função imunológica, além da melhoria da performance e agilidade, ou seja, o rejuvenescimento. Muitos destes efeitos se mostraram devido ao relaxamento e a diminuição dos hormônios do estresse.


Sobre o Mistika Spa

Fundado pela massoterapeuta Pâmi Gárcia e instalado em Campinas, o Místika Spa oferece aos seus clientes e usuários técnicas terapêuticas sempre naturais e ecológicas.

Dentre os serviços oferecidos pelo Místika Spa estão a drenagem linfática, de caráter estético e terapêutico; o darma massage, massagem relaxante e muito requisitada na casa; stones, uma terapia das pedras para reequilibrio dos chakras; shiatsu plus, técnica oriental de reequilibrio físico e energético; esfoliação corporal; massagem facial com máscara de chocolate puro e folhas de ouro; compressas a base de camomila, que é um relaxante natural, nos olhos e ombros; argiloterapia; massagens com essências e pétalas de rosas; reflexologia; reiki e terapia da polaridade, para a reposição de energia.

Por ser ambientalista e vegetariana, os produtos utilizados pela equipe de profissionais são Vegans, ou seja, apenas de origem vegetal e nunca animal. Da mesma forma, Pâmi Gárcia possui uma rigorosa observância no sentido de abolir todo e qualquer produto estético que tenha sido testado em animais de laboratório.

Como uma empresa que preza a busca pelo natural, o Místika Spa patrocina a ONG "Mundo Novo", que tem como objetivos o reflorestamento e a manutenção do meio ambiente por meio da conscientização e educação social.

O Místika Spa faz parte do Instituto Darma, um grande projeto elaborado pelo psicólogo, filósofo e terapeuta holístico, Chris Àllmêída. O centro tem como proposta oferecer e coordenar atividades, grupos, cursos e atendimentos holísticos que favoreçam o equilíbrio e o desenvolvimento pessoal, promover o intercâmbio e facilitar o relacionamento entre buscadores de autoconhecimento e oferecer produtos e serviços dedicados aos cuidados com o corpo e com a auto-estima.

Dentre os serviços oferecidos pelo Instituto, além do Miístika Spa, estão diversas terapias holísticas, técnicas de Feng Shui, Yôga, Numerologia Cabalística, Tarô, Tabelas Mágicas, Arte Arcana (Magia), Escola da Prosperidade, Curso de Afetividade, grupos de meditação, motivação on-line, Templo dos Anjos Cabalísticos, além da Rádio Zen, uma rádio on-line com programação atualizada semanalmente.

"Queremos trazer equilíbrio, autoconhecimento, transmitir ensinamentos e proporcionar vivências que realmente façam diferença para a nossa existência. Nossas atividades estão voltadas para promover o bem-estar por meio de práticas terapêuticas individuais ou em grupos, assim como para uma completa formação holística", conclui Chris Àllmêída

Fonte: Jornal do estado

Acupuntura na L.E.R



Eletrofisiologia do Ponto de Acupuntura
 

Estudos recentes no campo da eletrofisiologia evidenciaram em algumas áreas da pele um aumento de condutibilidade e diminuição da resistência elétrica, características estas coincidentes com a clássica descrição dos pontos de acupuntura. Comprovou-se também que a diferença de potencial elétrico da pele nestes pontos não é constante, variando de acordo com a influência de fatores externos e internos ao corpo humano. Entre estes fatores externos identifica-se a temperatura do ambiente, o horário e as estações do ano. Nos fatores internos, evidenciam-se as fadigas, as emoções e as doenças dos órgãos internos.

Estes estudos coincidem com fatores etiopatogênicos capazes de promover a doença na Medicina Tradicional Chinesa.

 

Fonte: http://www.bristol.com.br

Auriculoterapia dá alívio a doenças gástricas



   
A auriculoterapia - uma ramificação da acupuntura - tem obtido bons resultados no tratamento de problemas estomacais. Pesquisa recente do Instituto de MTC da província de Shang Dong, na China, com 119 pessoas que sofriam enfermidades gástricas verificou que há influência direta da terapia na regulação das atividades funcionais e mudanças positivas nas patologias do estômago e do duodeno. A técnica é comumente utilizada, com alto grau de eficiência, em tratamentos de cefaléia, enfermidades visuais, alergias agudas, doenças psiquiátricas, dores periféricas, estresse, ansiedade e tratamento de vícios, como o tabagismo.

Fonte: Jornal do Brasil
www.abarj.com.br

Acupuntura na odontologia


Acupuntura na odontologia
"O uso da acupuntura na odontologia surgiu na China, com a aplicação da técnica na cirurgia em geral, na década de 1950.

Isso acabou despertando também o interesse por parte de alguns cirurgiões-dentistas do Ocidente, especialmente da França", conta o professor Márcio De Luna, coordenador-geral da pós-graduação em "Acupuntura & Fitoterapia" do Instituto Brasileiro de Medicina Tradicional Chinesa, no Rio de Janeiro.

Os primeiros estudos na área odontológica foram publicados em 1974, pelo Dr. Michel Bresset.

Como funciona

A atuação da acupuntura em tratamentos odontológicos pode se dar de inúmeras maneiras. As principais são como analgésico e em casos de dores na articulação temporomandibular (ATM).

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, as agulhas não são aplicadas na gengiva, mas em áreas como as mãos ou em pontos específicos do rosto.

As agulhas são introduzidas de acordo com o objetivo do profissional: acabar com uma dor de dente, diminuir a tensão do paciente, fazer cirurgias, tratar perdas ósseas, aftas, herpes labial, e outras afecções que se manifestam na cavidade oral.

"A acupuntura não só promove a profilaxia de cirurgias e outras inflamações, devido ao seu efeito auto-estimulante, como também acelera a cicatrização dos tecidos", explica a Dra. Mirella Giongo, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Segundo ela, a utilização da acupuntura representa uma grande economia nos tratamentos odontológicos, pois pode dispensar o uso de analgésicos e antibióticos. O efeito da técnica na analgesia cirúrgica pode se prolongar por até 72 horas após a intervenção, além de reduzir consideravelmente o inchaço e a inflamação.

Nos tratamentos mais doloridos e em cirurgias, caso de canal e extração, é usada a eletroacupuntura - as agulhas são conectadas a um aparelho de eletroestimulação, aumentando o efeito analgésico.

Reconhecimento

No Brasil, ainda é reduzida a gama de profissionais capacitados na utilização da acupuntura aplicada à odontologia, apesar de alguns grupos de formação estarem se reproduzindo em capitais como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Goiânia, Manaus e Fortaleza.

Uma das principais razões para a pouca difusão é o fato de o Conselho Federal de Odontologia não reconhecer a acupuntura como uma especialidade do cirurgião-dentista.

"O CFO sequer normatizou a prática para aqueles que já a utilizam, deixando a população exposta a maus profissionais de odontologia, que se aventuram nesta ciência milenar sem a devida formação", lamenta o professor De Luna.

Segundo ele, felizmente o conselho de odontologia é uma exceção. "Os conselhos de fisioterapia, enfermagem, medicina, biomedicina, terapia ocupacional, fonoaudiologia, educação física, veterinária, psicologia e farmácia já reconhecem o valor da acupuntura".

Mesmo sem o aval do CFO, o crescente interesse dos profissionais pelas "terapias complementares" indica que a união da acupuntura com a odontologia tem um longo caminho pela frente.

www.odontocloseup.com.br