O que é Massagem ?




O que é Massagem ?


          O que é Massagem? Podemos defini-la como um conjunto de manobras, aplicadas com as mãos (nem sempre), sobre a pele com finalidades, normalmente,  estéticas ou terapêuticas. 
           O termo massagem poderia ser comparado a um "guarda-roupa" no qual encontramos vestimentas para diferentes ocasiões. Notem que é a ocasião que determinará o estilo de roupa que usaremos. Não podemos usar a mesma roupa em todas as ocasiões. Assim é com a massagem. Existem diferentes estilos com efeitos distintos. O Massoterapeuta (Massagista Terapêutico) deveria conhecer o maior número possível destes estilos para diversificar seu "guarda-roupa" e, assim, estar melhor qualificado para abordar os diferentes problemas com os quais se vê confrontado diariamente. Antes de conhecermos alguns destes estilos convém saber sobre o que atua a massagem. A massagem pode atuar de maneira a proporcionar um Equilíbrio Energético. Neste prisma destacam-se, em especial, as massagens orientais como o Shiatsu, Do-In (auto-massagem), Massagem Ayurvédica entre outras. Os estilos ocidentais objetivam, na sua maioria, a atuação  Neurocirculatória ou seja: Efeitos sobre o  Sistema Nervoso e Circulação de Retorno, Venosa e Linfática (em 2º plano temos os efeitos sobre os tecidos). Ainda nesta ótica inserem-se as massagens chamadas Reflexas (preferimos chamá-las de Sensibilizações) e que são feitas em partes do corpo como pés (Podal), mãos (Quirodal) e orelhas (Auricular) buscando os mesmos efeitos, ou seja, atuar sobre órgãos do corpo  via  Sistema Nervoso Central (SNC).

"INDICAÇÕES E CONTRA-INDICAÇÕES" " As indicações da massagem e suas contra-indicações se embasarão nos efeitos desta sobre o que atuam. No caso das Neurocirculatórias será sobre o Sistema Nervoso e Circulatório e no  Sistema Urinário que, por depurar o circulatório,  encontra-se  diretamente envolvido . O que a massagem faz nestes sistemas? No Sistema Nervoso poderá, através do  Sistema Nervoso Periférico  Sensor (SNP) que levará os estímulos ao Sistema Nervoso Central (SNC) e que poderá acionar o Sistema Nervoso Autônomo (SNA), acalmar, relaxaro paciente por indução ao Parassimpático ou,  por se   gerar um grande número de estímulos nos folículos sensores da pele, excitar o SNC, promovendo a recuperação de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e, também,  provocar analgesia levando, ao Sistema Nervoso Central, sensações que refletem o presente como o tato, calor, pressão e que recebem "a preferência" de atenção em detrimento da "dor" que representa o passado. (Ver Massagem Neurocirculatória). No Sistema Circulatório provoca a troca de líquidos (intersticial para venoso ou linfático, arterial para intersticial, intersticial para intracelular e intracelular para intersticial) desintoxicando e nutrindo os tecidos. Auxilia também o retorno venoso e,ou, linfático. Sendo assim, a massagem estará indicada toda vez que seus efeitos,  o incremento  na desintoxicação dos tecidos, na nutrição celular, e a influência no Sistema Nervoso (Periférico, Central ou Autônomo),  acalmando, excitando, aumentando o peristaltismo, se houver nas  áreas massageadas, forem benéficos ao paciente e, estará contra-indicada, toda vez que o incremento da desintoxicação dos tecidos (Insuficiência Renal) ou dos efeitos sobre o Sistema nervoso, anteriormente descrito, forem prejudiciais ao paciente.  Se tivermos em mente estes dois fundamentos, não precisaremos de uma lista de indicações e outra de contra-indicações. 

A massagem também poderá ser considerada quanto aos efeitos que produz nos diferentes tecidos e órgãos do do corpo:

* Sobre o Tecido Adiposo:

          O favorecimento da troca de líquidos implicará na melhora da circulação periférica que dará condições aos adipócitos, em especial os superficiais, de "manterem" sua carga, impedindo a sedimentação que dá origem a celulite.

* Sobre o Tecido Muscular:

          A massagem desintoxica a musculatura pelo retorno venoso e linfático, nutre e, dependendo das manobras utilizadas, pode tonificá-la.  

* Sobre o  Tecido Ósseo:

          Está provado, mediante trabalhos científicos, que o contato do músculo com o osso (fácia no periósteo) previne e combate a Osteoporose. Usar a massagem Osteossensibilizante.

* Sobre o Sistema Digestivo:

          Quando feita sobre o "quadrado intestinal" previne e combate a constipação do mesmo.

* Sobre o Sistema Glandular Endócrino:

          Através da troca de líquidos recupera hormônios "perdidos" possibilitando que encontrem seus "alvos".

* Sobre o Sistema Linfático - Imunológico:

         Colabora com o retorno linfático formando "nova linfa" através da pressão nos tecidos. Melhora as defesas por ativar a circulação dos linfócitos e direcionar mais "liquido" para os gânglios.

* Sobre o Sistema Respiratório:

          Com manobras adequadas (percussão / tapotamento) obtém-se melhoras nos brônquios e bronquíolos.

* Sobre o Sistema Urinário:

          A troca de líquidos nos tecidos obriga o sistema urinário a depurar o sangue fazendo urina. Isto colabora com a "limpeza"do próprio sistema.

* Sobre o Sistema Circulatório:

 Por sua ação mecânica, a massagem Sueca facilita o retorno  venoso e linfático. O trabalho do terapeuta pode fazer com que tecidos com pouca circulação sejam alcançados Com este incremento circulatório todos os órgãos melhoram.

 

ATENÇÃO: Para não expor o paciente a um acidente vascular, verifique a Pressão Arterial (PA) antes de aplicar qualquer estilo de massagem. (Este procedimento pode ser objetável pelas autoridades preocupadas por acharem que estamos fazendo diagnóstico. o que não é o caso,   mas é absolutamente necessário dado os riscos envolvidos.) A "PA"  limite para que possamos fazer massagem corporal profunda,  sem riscos, é a de 15/09. A Insuficiência Renal igualmente é uma contra - indicação absoluta para a massagem profunda ou Drenagem Linfática. Importa destacar que o tempo de uma Massagem Neurocirculatória  profunda (terapêutica ou estética) ou de uma Drenagem Linfática pelo Método Propeli não deverá ser muito prolongada, (mais de 40') pois, após este tempo, a troca de líquidos não beneficiará mais o paciente que estaria recebendo, como líquido intersticial e intracelular o que era sangue arterial mas que ainda não sofreu purificação nos rins por falta de tempo hábil ou de líquido disponível para formar Urina.. Este "problema" pode ser amenizado quando orientamos o paciente a beber água antes e após a massagem. 
CONSIDERAÇÕES: Ao utilizarmos a massagem com o objetivo de auxiliar a circulação de retorno venosa e,ou, linfática ou incrementar seu objetivo que é a desintoxicação de tecidos,  devemos entender que nossa intervenção não é natural. Algo esta acontecendo, sobrecarregando ou impedindo os sistemas de desintoxicação e nutrição de operar adequadamente. Nosso sucesso como terapeutas não está em efetuarmos "artificialmente" a "limpeza" ou nutrição e sim em descobrir e solucionar a causa do transtorno. Se não tivermos esta preocupação seremos "sintomáticos" em nossa abordagem, não objetivando a cura. Seremos apenas o 3º "faxineiro do corpo"(Venoso, Linfático e Massagista).  A DOR igualmente deve ser vista desta maneira. Podemos intervir, com nossas técnicas, para neutralizá-la porém,  sem esquecer de buscar e tratar sua causa.   



Comente:

Nenhum comentário